Archive | September, 2013

Lição do mestre Bukowski

30 Sep

Por que escrever? Por queeeê?

Talvez outros jovens escritores sejam perturbados como eu por um desejo incontrolável de escrever. Acossados por uma compulsão em narrar fantasias malucas de suas cacholas e mesmo que digam ” não vou fazer mais isso” lá se vão duas, quatro, cinco páginas digitadas e isso é só o começo!

 

Eu tinha dito que não escreveria mais nesse blog e aí me deparei com os ensinamentos de um mestre. Afinal, estava explodindo em mim!

Então você quer ser um escritor?
Charles Bukowski

Tradução: Dito pelo maldito – www.laparola.com.br
Se não estiver explodindo em você. apesar de tudo, não escreva.
A não ser que saia espontâneo e sem permissão do seu coração, da sua mente, e da sua boca, e suas entranhas. Não escreva.
Se você tem que se sentar por horas encarando a a tela do compu…tador ou debruçado sobre o sua máquina de escrever procurando as palavras. Não escreva.
Se você estiver fazendo isso por dinheiro ou fama, não escreva.
Se você estiver fazendo isso porque quer mulheres em sua cama, não escreva.
Se você tem que sentar lá e reescrever de novo e de novo, não escreva.
Se der o maior trabalho só de pensar em fazer, não escreva.
Se você estiver tentando escrever como outra pessoa, desista.
Se você tiver que esperar até isso rugir dentro de você, então espere pacientemente.
Se esse rugido nunca sair, faça outra coisa.
Se você tiver que ler primeiro para sua esposa, ou para sua namorada ou seu namorado, ou para seus pais ou a quem quer que seja, você não está pronto.
Não seja como tantos escritores, não seja como tantos milhares de pessoas que se dizem escritores, não seja chato, estúpido e pretensioso, não se deixe consumir pela vaidade.
As bibliotecas do mundo bocejam até dormir sobre tipos assim. Não aumente isso. Não escreva.
A não ser que saia da sua alma como um foguete, a não ser que isso faça-o
levar à loucura ou suicídio, ou assassinato, não escreva.
A não ser que o Sol dentro de você esteja queimando suas vísceras, não escreva.
Quando for realmente o momento, e se você for escolhido,
ele irá fazê-lo por conta própria e continuará acontecendo até você morrer, ou isso morrer em você.
Não há outro jeito.
E nunca houve outro

Advertisements