James Joyce por Jorge Luis Borges

21 Dec

Num só dia do homem estão os dias

do tempo, desde aquele inconcebível 

dia inicial do tempo, em que um terrível

Deus prefixou os dias e agonias

até o outro em que o rio ubíquo

do tempo secular torne à nascente,

que é o Eterno, e se apague no presente,

no futuro, no ontem, no que ora possuo.

Entre a aurora e a noite está a história

universal. E vejo desde o breu, 

junto a meus pés, os caminhos do hebreu,

Cartago aniquilada, Inferno e Glória.

Dai-me, Senhor, coragem e alegria

para escalar o cume deste dia.

 

(Cambridge, 1968)

 

Fonte: Poesia, de Jorge Luis Borges. Editora Companhia das Letras, 2009. Tradução de Josely Vianna Baptista.

 

Joyce, sem dúvida, um dos meus autores favoritos. Um homem extremamente criativo que teve a coragem de ousar e se tornar único na Literatura. Viveu na pobreza, mas eu imagino que com um mundo interior tão farto isso não lhe foi um fardo!

images

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: